Pular para o conteúdo principal

Aplicação de Vendas com JBoss Seam - Parte I (Instalando o JBoss)


Pensando recentemente em como fazer alguma coisa de mais útil para a galera que lê meu blog, me deparei com uma situação nova: o novo curso que estou ministrando no CEPEP de Java Avançado.

E o objetivo central do curso é desenvolver a aplicação referida utilizando tecnologias web recentes e estáveis como EJB para a camada de negócio, JPA para persistência, a dupla JSF e Ajax integrados ao JBoss Seam como visão. Então estarei aqui postando pra vocês o resultado deste trabalho que servirá também como forma de incentivo à revisão dos meus alunos. :)

Antes de mais nada temos de fazer a configuração do nosso servidor JBoss. Pra quem ainda nunca ouviu falar do JBoss, este é um servidor corporativo J2EE robusto, com suporte a EJB e você pode encontrar mais detalhes neste link.

Atualmente estamos na versão 7.0 do JBoss AS (Application Server), mas iremos trabalhar com a versão 6.0 por questão de conveniência, abrangência e aceitação geral. Usaremos também a versão Helios do Eclipse (também não é a mais recente, estamos com o Eclipse Indigo, mas a usaremos pelo mesmo motivo do servidor).

Resumindo, o que precisaremos para o projeto:
  1. Eclipse Helios IDE, que você pode baixar aqui (Instale a versão de acordo com seu Sistema Operacional; Aqui vamos utilizar a versão para Windows 7);
  2. JBoss Tools 3.2 (plugin para o Eclipse). Link para instalação e configuração do plugin aqui;
  3. JBoss AS 6.0 (Servidor JEE), download aqui (Não esqueça de descompactar);
Obs.: Também precisaremos fazer o download do pacote do Seam, mas isso ficará para o momento específico.

Descompacte o Eclipse em um diretório de sua preferência e execute-o. Selecione seu workspace e saia da tela de apresentação. Verifique se está na Perspectiva Java EE e com a aba Servers selecionada, tal como na Figura 1.

Figura 1. Tela inicial do Eclipse

Para trabalhar com versões do servidor JBoss superiores à 5 no Helios, temos de instalar o JBoss Tools, pois é nele que se encontra a adesão à versão 6 do JBoss. Para isso, vamos no menu "Help > Install New Software > Add" e adicione a seguinte URL: http://download.jboss.org/jbosstools/updates/stable/helios/ tal como na figura 2.

Figura 2. Adicionando URL JBoss Tools
Aguarde até ele carregar a lista de dependências e selecione a última opção "Web and Java EE Development". Clique em "Next", aceite os termos de licença e por fim clique em "Finish" e aguarde ele fazer a instalação. No final, irá ser solicitada o restart do Eclipse.

Feito isso, nosso Eclipse já está apto a portar um servidor JBoss As 6. Para tanto, vá até a aba "Servers", clique com o botão direito, "New > Server > JBoss As 6.0". Clique em "Next" e na próxima janela em "Home Directory" selecione "Browse..." e procure o diretório do JBoss As que você fez download há pouco (Figura 3).

Figura 3. Configurando JBoss AS
Clique em "Finish". Inicie seu servidor: Botão direito no servidor > Start.

Prontinho, servidor instalado e pronto pra usar! =)

  • Erros Comuns
    • Na instalação do JBoss Tools, é necessário que você esteja conectado à internet (e sem proxy), uma vez que a mesma faz a instalação do plugin via download. Se não tiver acesso, faça o download do plugin e instale-o manualmente, tal como é mostrado neste link;
    • É comum tomar o seguinte erro quando se inicia o JBoss: Error installing to Start: name=jboss.web.deployment:war=/invoker state=Create mode=Manual requiredState=Installed: java.net.URISyntaxException:. Este erro acontece porque você instalou o JBoss em um diretório que tem "espaços em branco". Ex.: C:/Users/Diogo Souza/Teste tem um espaço em branco no meio dele, e isso ocasiona quebra de URL location para o server. Para resolver, coloque o JBoss em um diretório sem quebras e reinstale o servidor - Algumas vezes pode ser necessário fechar o Eclipse para renomear o caminho do servidor.

Comentários

  1. Olá Diogo
    ... continua?

    ResponderExcluir
  2. Olá Anônimo, continua sim... rsrs

    Estou mudando de empresa agora e irei trabalhar diretamente com JBoss seam, o que facilitará minha continuação dos posts!

    Só aguardar um pouco! :-)

    ResponderExcluir
  3. Olá Diogo tambem mudei de empresa e aqui é jboss Help us ! T+
    Paulo Camargo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Paulo, nem vi teu comentário... Qual a dificuldade exatamente?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar um iframe e seus elementos via jQuery?

Recentemente tive  um problema no projeto pois sentiu a necessidade de acessar um valor de um input que estava dentro de um iframe. Esse tipo de situação não é tão comum, uma vez que geralmente acessamos os valores do iframe para fora. Para acessar, de dentro de um iframe, um valor externo, utilizamos o seguinte código: $('#idDoElementoExterno', parent.document).val(); Entretanto, nunca tínhamos passado pela situação contrária. Pesquisando um pouco descobrimos uma alternativa, porém em JavaScript. Para ficar melhor o entendimento, vamos simular uma situação aqui. Temos uma página html "A.html" e dentro da mesma existe um iframe que aponta (src) para uma página "B.html": <!-- A.html --> <html> <head> <title>Testando iframe - jQuery</title> <script language="JavaScript"> function exibeValor() { // alert aqui! } </script> </head> <body> <input typ

Integrando Android e PayPal com Java e MySQL - Parte 2

Na primeira parte deste artigo, nós cobrimos toda a configuração inicial do ambiente, envolvendo principalmente o projeto Java Web com Restful, as bibliotecas e ferramentas envolvidas, bem como suas respectivas versões. Criamos também toda a comunicação com o banco de dados, o modelo Entidade-Relacionamento, o SQL gerado e as configurações da API do PayPal SDK para Java. Nessa parte, focaremos em finalizar a aplicação de modelo, principalmente no lado Android, testando tudo de forma local. Você poderá efetuar o download do código fonte diretamente do meu GitHub, no botão abaixo: DOWNLOAD CÓDIGO Na Figura 1 abaixo você pode visualizar como ficarão nossas telas ao final da implementação: Configurando o projeto Android Antes de criar o projeto, precisamos efetuar o download do PayPal Android SDK . Extraia os arquivos em uma pasta de preferência. Mais uma vez, você pode se sentir à vontade para usar o Eclipse Android Bundle ou o AndroidStudio para programar a parte Andr

[SoapUi] Removendo comentários "Optional" em Web Services

O SoapUI é uma ferramenta de geração de testes client criada para facilitar a vida tanto de desenvolvedores quanto dos testers de Web Services. Através dela, o usuário tem a possibilidade de gerar projetos a partir da URL do WSDL do serviço. Através disso uma requisição de ação (request action) será gerada com os parâmetros do método requerido já carregados inicialmente. Independente da tecnologia WS usada, o SoapUI tem o poder de reconhecer os parâmetros, em vista da universalidade do xml usada na especificação. Além disso, é possível observar também a presença do comentários que vem precedidos de cada campo. Como mostrado na figura abaixo. Figura 1. Código exemplo de request action no SoapUi Esse tipo de comentário existe para o caso em que o número mínimo de ocorrências para o parâmetro é zero. Se o elemento for obrigatório o SoapUi não exibe nada acima. E é ainda onde entra a questão... Como fazer? Suponha que você tenha um WSDL semelhante ao exibido na listagem aba